Apla-Apla e Apex-Brasil na Guatemala
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

Apla e Apex-Brasil na Guatemala

Representantes de engenhos guatemaltecos, pesquisadores, produtores de cana estiveram reunidos com empresas e técnicos de toda a cadeia produtiva do Brasil entre os dias 05 e 06 de agosto, na Guatemala, para assistir a palestras e participar das rodadas de negócios realizadas pelo Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy, uma parceria entre o Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).
Flavio Castelar, diretor executivo do Apla, destacou a importância da programação com rodadas de negócios, palestras e apresentações técnicas. “Gerou muito interesse para o público segmentado formado principalmente por diretores, gerentes industriais e agrícolas dos engenhos”, disse.
As palestras foram proferidas por Dr. Guilherme Nastari, diretor da Datagro; Flavio Castelar, diretor executivo do Apla; Dr. Armando Boesche, gerente geral Asazgua; Dr. José Paulo Stupiello, presidente STAB e Dr. Fabio Vale, diretor técnico da Adubai Consultoria.
Mais de 100 representantes de engenhos da Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Honduras e Nicarágua participaram da abertura. O evento contou também com a presença de autoridades como José Roberto de Pinto Almeida, embaixador do Brasil na Guatemala; José Antonio de Godoy, secretário municipal de Governo de Piracicaba e os dirigentes mais importantes da Asazgua (Associação dos Açucareiros da Guatemala), o presidente Ing Fraterno Vila, o vice-presidente, Herbert Gonzalez e o secretário executivo, Armando Boesche.
Nos dois dias do evento, foram gerados US$ 1.430.000,00 em negócios e outros quase US$ 32 milhões projetados para negócios futuros. Também foram realizados 220 contatos comerciais entre brasileiros e estrangeiros do setor sucroenergético.
Durante da ação foi realizada uma mesa redonda a pedido dos representantes dos engenhos guatemaltecos, que contou com a presença de autoridades da Guatemala representantes do Ministério de Minas e Energia, do Ministério de Indústria, do Congresso Nacional, de entidades setoriais, do governo brasileiro por meio da embaixada do Brasil na Guatemala e do Apla. O tema da discussão foram os avanços e vantagens do uso do etanol, de forma a dar subsídios para formulação de politicas de incentivo ao uso de biocombustíveis no país.
Na avaliação de Castelar, as palestras enalteceram a importância da produção de etanol para o país, “Fizemos apresentações sobre as vantagens do etanol e fortalecemos o debate da proposta de um programa de uso e produção do biocombustível”. Ainda no mês de agosto a OEA (Organização dos Estados Americanos) promove evento sobre a implementação da produção de etanol na Guatemala.

 

 


Website Apla: www.apla.org.br
Assessoria de Imprensa: Luciana Corrêa (MTB 31881)
Telefone: (19) 3402-5573
E-mail: assessoria@ozoniopropaganda.com.br

 

 

 

 

Confira todas as Imagens em: http://migre.me/fIXSY