Apla-BNDES orienta empresas ligadas ao Apla e Apex-Brasil na Fenasucro
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

BNDES orienta empresas ligadas ao Apla e Apex-Brasil na Fenasucro

De 27 a 30 de agosto, o Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção e Exportações e Investimentos) disponibilizaram estande na Fenasucro montado com infraestrutura com suporte de recepcionistas, tradutores e salas de reunião para os representantes das indústrias e empresas ligadas ao Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution.
No estande, os empresários do setor sucroenergético contaram ainda com a presença do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) através da equipe composta por Guilherme Pfisterer, Roberta Lavalle e Marcio kendi.
Gerente de Relações Institucionais da área de Comércio Exterior do BNDES, Guilherme Pfisterer, lembrou que no ano passado, o banco também se instalou no estande do Apla para auxiliar as empresas brasileiras, “Desde 2012 participamos do espaço de negócios do Apla e da Apex-Brasil onde fazemos um plantão para tirar dúvidas de empresas que querem exportar máquinas e equipamentos”, explicou.
De acordo com o diretor executivo do Apla, Flavio Castelar, esta inovação deu certo e se repete com sucesso este ano, “Dentro do nosso projeto, os resultados dos atendimentos individuais realizados pelo BNDES foram muito positivos, por isso, a continuidade desta parceria é acima de tudo, um grande incentivo para as empresas”, disse.
Fomentar a exportação através de orientações, apoio e financiamentos para as empresas que necessitam ampliar a área de comércio exterior é a linha de trabalho do banco. Guilherme Pfisterer ressaltou que a exportação é um diferencial importante para as empresas e o acesso ao financiamento com taxas especiais ajuda inclusive na comercialização dos produtos no mercado interno.
“O BNDES quer financiar produtos de maior valor agregado, como máquinas, equipamentos, veículos”, disse Pfisterer. Na Fenasucro, o BNDES mostrou aos empresários interessados as linhas de financiamento, Pré-embarque, Pós-embarque e também a BNDES Exim Automático – linha de crédito com bancos do exterior que iniciou na América Latina e já se ampliou para a Ásia e África, “Temos trinta bancos credenciados e o importador tem a oportunidade de comprar do Brasil e pagar em até cinco anos através dessa parceria com bancos do exterior”.
O atendimento individual às empresas ligadas ao projeto foi realizado durante alguns dias no estande, “A intenção foi atender o maior número possível de empresas brasileiras e apresentá-las às facilidades de créditos oferecidos pelo BNDES”, disse Pfisterer.


Assessoria de Imprensa: Luciana Corrêa (MTB 31881)  
Telefone: (19) 3402-5573
E-mail: assessoria@ozoniopropaganda.com.br