Apla-Colheita e processamento de cana sobem 71% em abril
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

Colheita e processamento de cana sobem 71% em abril

Processamento da matéria-prima deve ser priorizado para o etanol nas usinas


O clima seco das últimas duas semanas nos estados do Centro-Sul brasileiro deu ritmo à colheita e ao esmagamento de cana-de-açúcar no país, informou a Unica, entidade que representa a indústria do setor sucroenergético. O volume da matéria-prima processada até o fim da primeira quinzena de abril subiu 71,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram moídas 164,4 milhões de toneladas do produto.

O avanço nos trabalhos de retirada das plantas dos canaviais elevou a oferta de etanol e açúcar no mercado. De acordo com a Unica, 33,2% do total colhido foram destinados à produção do alimento, enquanto que 66,7% se transformaram no combustível. Em números absolutos, 538,8 mil toneladas de açúcar foram despejadas no mercado, 120% mais que na primeira quinzena de abril de 2013. A produção de etanol também cresceu, 80%, totalizando 667 milhões de litros – 453 milhões do tipo hidratado e 454 milhões do anidro, que é misturado à gasolina. O aumento no processamento compensou a queda no número de usinas em operação no período, garantiu o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

A todo vapor

153 é o número de unidades processadoras de cana que estavam em operação até o fim da primeira quinzena de abril. No ano passado eram 155 em atividade. A redução, porém, não impactou o volume de esmagamento.



Fonte: Gazeta do Povo via Portal do Agronegócio