Apla-ESALQ está mais uma vez entre as melhores universidades do mundo
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

ESALQ está mais uma vez entre as melhores universidades do mundo

As disciplinas de agricultura e silvicultura (repovoamento florestal) da Esalq (Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz) asseguraram a 24ª colocação para a instituição no ranking das melhores universidades do planeta.
 
O levantamento feito pela Quacquarelli Symonds, organização britânica de pesquisa em educação, avaliou 3.551 universidades do mundo em 36 áreas.
 
O ranking é feito com base na qualidade da produção acadêmica e científica das instituições de ensino que são constantemente avaliadas a partir de levantamentos internacionais.
 
O desempenho da universidade foi comemorado por Luiz Gustavo Nussio, diretor da Esalq. “Ficamos satisfeitos porque ganhamos visibilidade nacional e internacional e sabemos que este é um caminho de êxito. Nossa estratégia é dar ênfase a esse processo e buscar indicadores que demonstrem a transferência desse conhecimento para o setor produtivo com sustentabilidade ambiental. Com isso, a Esalq continuará cumprindo a missão de formar profissionais com excelência e cidadania, que oferecem soluções às necessidades da nossa sociedade.”
 
Para Carlos Eduardo Pelegrino Cerri, o presidente da Comissão de Pesquisa da Esalq, estar no ranking é motivador. “É gratificante sabermos que os esforços conjuntos de décadas em atividades de pesquisa, ensino e extensão estão sendo continuamente reconhecidos pelos rankings nacionais e internacionais. Isso serve com um incentivo para continuarmos com as atividades de excelência desenvolvidas na Esalq.”
 
De acordo com o guia de cursos elaborado pela metodologia do ranking QS Top Universities, a área de ‘Agriculture & Forestry’ requer conhecimentos de ciências naturais e sociais, com base em áreas como a biologia, ciências ambientais, química, economia, gestão e negócios.
 
Assim, as ênfases variam de acordo com as instituições, algumas com foco em economias de recursos naturais e outras se aprofundam em um país ou região específica.
 
Fonte: Jornal de Piracicaba