Apla-Estiagem reduz previsão de safra da cana em 12% na região de Piracicaba
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

Estiagem reduz previsão de safra da cana em 12% na região de Piracicaba

A falta de chuva entre os meses de dezembro de 2013 e fevereiro de 2014 deve causar, na região de Piracicaba (SP), uma redução de 10% a 12% na próxima safra de cana-de-açúcar, que terá início na segunda quinzena de abril, segundo a Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana).
A "quebra", como chamam os canavieiros, representa que a produção regional será 1,2 milhão de toneladas menor que a temporada anterior, quando foram produzidos aproximadamente 10 milhões de toneladas da matéria-prima, também conforme estimativa da cooperativa, que pretende consolidar os números da safra passada até o final de março.
De acordo com Arnaldo Antonio Bortoletto, presidente da Coplacana, 70 municípios da região de Piracicaba produziram, na safra passada, uma média de 83 toneladas de canapor hectare de terra, mas, devido à estiagem que só diminuiu neste mês, o volume deve cair para 73,04 toneladas por hectare.
Bortoletto informou que ainda não saberia prever precisamente quais serão os impactos para os consumidores finais de etanol e açúcar, caso a previsão de queda na produção se confirme ou se agrave entre 2014 e 2015. "Uma possibilidade é que caia o volume deaçúcar no mercado internacional, o que pode ajudar a melhorar o preço para o produtor."


Sem antecipação

A colheita da safra neste ano terá início apenas alguns dias mais tarde em relação a 2013. No ano passado, a atividade começou na primeira quinzena de abril, segundo Bortoletto. Ele disse que na região de Piracicaba nenhuma usina apresentou motivos para começar a colher a cana antes da época prevista.


Centro-sul

Segundo a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), na safra 2013/2014, até fevereiro, a região Centro-sul do Brasil produziu 596,16 milhões de toneladas, um volume 11,9% maior que na temporada 2012/2013. Somente o estado de São Paulo, o maior produtor do país, foi responsável por 366,9 milhões de toneladas de cana, também conforme a Unica.


Fonte: G1 via Agência UDOP de Notícias