Apla-Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution promoverá setor sucroenergético brasileiro no Peru
Logotipo Apla Sugarcane
EN ES PT

Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution promoverá setor sucroenergético brasileiro no Peru

O Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution realiza nos dias 2 e 3 de dezembro missão comercial em Trujillo, Peru. Organizada pelo Arranjo Produtivo Local do Álcool (Apla) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a ação tem como objetivo promover produtos, equipamentos, soluções e a tecnologia do setor sucroenergético brasileiro.
 
Na missão comercial, 30 empresas brasileiras irão mostrar as vantagens e benefícios brasileiros para toda a cadeia produtiva da cana-de-açúcar. O objetivo da rodada de negócios é divulgar a tecnologia do Brasil na produção e processamento da cana-de-açúcar, combustíveis renováveis, biomassa e outros bioprodutos.
 
Durante o evento, empresários e fornecedores brasileiros e peruanos acompanharão apresentações técnicas de especialistas em agricultura e indústria do setor sucroenergético ministradas pelos brasileiros Marcos Landell, do Instituto Agronômico Campinas (IAC) e Guilherme Nastari, da Datagro Consultoria; e pelos peruanos, Abraham Castillo Anticona, da Agroindustrial Paramonga e Diego Zamorano Alvarez, Agroindustrial Laredo.
 
De acordo com dados recentes do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, a
capacidade produtiva do Peru é de 37 toneladas de cana por dia. A média de colheita em 2014 foi de 126 toneladas por hectare. 
 
Já a indústria de açúcar do Peru continua seu processo de consolidação. Coazucar, da maior produtora de laticínios Gloria, possui a Casa Grande, Cartavio e São Jacinto. Casa Grande tem disponível 30 mil hectares e poderia dobrar sua produção muito rapidamente se plantasse em sua área livre e também se implantasse uma melhor tecnologia em seu campo de produção. 
 
Para o diretor executivo do Apla, Flavio Castelar, os negócios entre o Brasil e o Peru estão cada vez mais estreitos e muitas usinas do país já funcionam com máquinas, soluções e equipamentos brasileiros. “A tecnologia nacional é uma referência nos campos de produção do Peru, por isso, este ano, vamos levar dezenas de representantes do Brasil para esta grande oportunidade para mostrarem como os produtos brasileiros podem levar eficiência e economia no sistema de produção de produtos derivados da cana-de-açúcar”, explicou.
 
 
Assessoria de Imprensa: Luciana Corrêa (MTB 31881) 
Telefone: (19) 3402-5573 
E-mail: assessoria@ozoniopropaganda.com.br